Como funciona o desenvolvimento de projeto de mobiliário utilizando o BIM?

O investimento no planejamento de espaços é peça fundamental para uma boa qualidade de vida. Investir em espaços que estejam alinhados com o cotidiano das pessoas que ali circulam – em consonância com as suas funcionalidades, entregando sustentabilidade, elegância, sofisticação e conforto, por exemplo – é fator essencial na hora de pensar um novo ambiente. 

Para que serve o projeto de mobiliário? 

Muitas pessoas ainda acreditam que projetar um espaço é uma tarefa simples, reduzida apenas à disposição de elementos pelo espaço, sem o menor critério. Mas se enganam. Criar um projeto de mobiliário é uma tarefa que leva em consideração a funcionalidade do espaço, isto é, a que ele se destina, tentando garantir ao máximo as expectativas funcionais desse ambiente e as sensações proporcionadas por ele.

Sendo assim, um projeto de mobiliário vai pensar não apenas nas necessidades das pessoas em determinado espaço, mas também no que esse espaço gera em relação aos estados emocionais. Por exemplo, espaços que causam cansaço não são indicados para uma pessoa que chega exausta de um dia de trabalho. Ou, até mesmo, espaços com aglomeração de objetos, sem um pensamento funcional por trás, podem se tornar um empecilho em ambientes corporativos.

Desta forma, vale pensar que a execução de um projeto de mobiliário leva em consideração todos esses pontos que podem ser problemas em potencial para as pessoas que irão circular ali, cada uma com as suas necessidades, funções e objetivos específicos e individuais. Pensar em um projeto de mobiliário, portanto, se torna imprescindível para a criação de espaços inteligentes e alinhados às expectativas dos usuários. 

A tecnologia BIM

Para criação de um projeto, existem mecanismos que apoiam o processo criativo e dão cara ao ambiente que ali vai surgindo. A tecnologia BIM (Building Information Modeling) é um desses mecanismos. A estratégia serve como uma metodologia que tem como função auxiliar na criação de simulações digitais de um projeto para a construção, em que o usuário pode ajustar manualmente suas demandas de forma inteligente. 

Diferentemente de outros sistemas, como o CAD, por exemplo, pensar em projeto de mobiliários BIM é contar com um sistema que permite a execução de trabalho em quarta e quinta dimensões, permitindo também automatizar procedimentos de programação, investir em detalhes, gerenciar análises, documentações, fabricações, operacionalizar a logística de construção, entre outros.

Os benefícios trazidos pelo BIM

Os benefícios advindos da utilização de um projeto de mobiliários BIM logo se fazem visíveis, já que o sistema permite uma melhora na qualidade de execução dos projetos, como também auxilia no processo de tomada de decisões, uma vez que torna o trabalho mais claro aos olhos dos usuários. Com isso, uma redução nos gastos de execução, previsibilidades de possíveis problemas e soluções mais imediatas são outros benefícios decorrentes da utilização do sistema. 

Desta forma, pensar em um ambiente envolve outros elementos que devem ser importantes no momento de decisão, principalmente na hora de pensar em projetos sustentáveis. Investir em tecnologias que auxiliem, como na execução de mobiliários BIM, e em empresas especializadas nesse tipo de serviço, como a Plantar Ideias, faz toda a diferença no momento de criação de um espaço. Conheça mais dos nossos serviços no site.

EN | PT
error: Content is protected !!