Consciência ambiental: entenda a ESG e a sustentabilidade

Difícil encontrar alguém que nunca tenha ouvido falar na sigla ESG, mesmo que não saiba muito bem explicar o que ela significa. Representando em inglês os conceitos de meio ambiente, social e governança, a agenda ESG reúne um conjunto de práticas a serem adotadas pelas empresas a fim de atuar, de forma sustentável, dentro desses três pilares principais de ação. Neste texto, abordamos mais especificamente a ESG ambiental.

Quando falamos sobre a adoção dessas práticas de sustentabilidade pelas empresas, o mercado de arquitetura não fica de fora. Mais do que uma tendência, as ações pautadas pela ESG são uma realidade que dita o futuro dos negócios no país e no mundo. Para entender melhor o que engloba essa agenda e qual é a importância da consciência ambiental para uma marca, continue a leitura até o final. 

O que a ESG diz sobre compromissos ambientais?

Como dissemos, o meio ambiente é um dos pontos de atenção da agenda ESG para as empresas. Esse pilar se refere, especialmente, aos aspectos da crise climática que o mundo enfrenta e como a companhia age para tentar diminuir seus impactos na natureza. Veja, abaixo, alguns exemplos que são analisados de acordo com essa ótica:

  • Gestão de resíduos;
  • Diminuição da poluição da água e do ar;
  • Emissão de gases que provocam o efeito estufa;
  • Eficiência energética e uso de fontes renováveis;
  • Uso racional da água;
  • Programas de reflorestamento;
  • Logística reversa.

Por que a arquitetura busca a ESG?

O interesse dos consumidores por empresas de conduta responsável vem crescendo a cada dia. Em estudo comandado pela agência norte-americana Union + Webster, 87% dos brasileiros entrevistados disseram que preferem comprar produtos e serviços de empresas sustentáveis. Essa é uma tendência que só deve aumentar nos próximos anos.

Além disso, inúmeros outros benefícios atingem os resultados de um negócio que busca atuar sob os preceitos da sustentabilidade ambiental, social e de governança. Entre eles, podem ser citados a redução de custos, uma maior produtividade dos funcionários e menor número de intervenções regulatórias e legais.

Portanto, é inevitável que a empresa de arquitetura que queira continuar crescendo nesse cenário adeque suas práticas àquilo que é determinado pela agenda ESG, atraindo os consumidores que se preocupam com essas questões e, consequentemente, obtendo melhores rendimentos.

Qual é a importância de fortalecer a consciência ambiental?

As décadas de descuido da indústria com relação ao meio ambiente têm mostrado suas consequências constantemente e tido grande repercussão – especialmente entre os jovens, que buscam formas de ajudar a reverter essa situação. Isso tem efeito no comportamento dessa mesma parcela da população.

Realizada há cerca de dois anos, a pesquisa Estilos de Vida 2019, da Nielsen, mostrou que 43% dos 21 mil entrevistados disseram ter mudado seus hábitos de consumo em prol do meio ambiente. Dessa forma, empresas que buscam causar o mínimo possível de impacto na natureza, alinhadas à ESG ambiental, saem na frente na disputa por clientes.

O que uma boa gestão ambiental pode fazer para sua empresa?

Além de todos os benefícios já citados, uma empresa com boa gestão ambiental também atrai um maior número de investidores. Isso porque, nos últimos anos, os fundos ESG (aqueles que focam em empresas de boa conduta ambiental, social e de governança) têm sido cada vez mais escolhidos por quem investe. Ou seja, métricas financeiras tradicionais já não são mais a única forma de avaliação da rentabilidade de uma empresa no mercado.

Por tudo isso, é importante que seu negócio esteja atualizado com as melhores práticas do mercado de hoje, garantindo um crescimento dos resultados, clima agradável entre os colaboradores e atração cada vez maior de clientes e investidores. 

Se sobrou alguma dúvida sobre a ESG e a relevância da consciência ambiental para seu negócio, navegue pelos conteúdos relacionados em nosso site e aproveite para conhecer mais sobre nossos serviços e projetos.

ESG ambiental
EN | PT