cidade/  mudou a cidade. Mudaram as pessoas. No espaço de uma geração, a relação com a cidade mudou. Em linha com um “espírito do tempo”, o espaço público passou a ser disputado e não negado. 

parques / A busca pela experiência e convívio por parte das pessoas migrou do intímo e passou a ocupar a esfera pública e coletiva, potencializar os espaços públicos e de socialização é estimular as relações.

rua / Nos bairros, parklets acomodam pedestres, calçadas pedem arborização. A rua voltou a fazer parte do cotidiano das pessoas. Mas, atenção: como gerir os conflitos. 

desejo / Estamos diante do conflito entre o desejo de ocupar a cidade e a civilidade. Como transpassar os desejos internos para a rua e trazer a rua para dentro “de casa”.

retomada / Retomada dos espaços públicos e de convivência é importante demais para a fruição da cidade, dos espaços e para o crescimento das pessoas. Estimular e proporcionar o contato.

AÇÕES / O que faremos para fortalecer?